Associação entre rigidez arterial e menor desempenho cognitivo em hipertensos

24/04/2018 | 09:02

RESUMO

Introdução

A disfunção cognitiva e a rigidez arterial aumentada têm sido descritas em pacientes com hipertensão arterial, mas sua associação ainda não foi bem estudada.

Material e Métodos

Avaliamos a correlação entre a rigidez arterial e o desempenho cognitivo em diferentes domínios, em pacientes com hipertensão arterial, comparados com aqueles com pressão normal. Foram examinados 211 pacientes (69 com pressão normal e 142 com hipertensão).Os pacientes foram pareados por idade e distribuídos de acordo com o valor da sua pressão arterial: normal, hipertensão estágio 1 e hipertensão estágio 2. A função cognitiva foi avaliada com base no Mini Exame do Estado Mental, Montreal Cognitive Assessment, e em uma bateria de testes neuropsicológicos que avaliaram seis domínios cognitivos. A velocidade da onda de pulso foi medida usando o Complior, e as propriedades da artéria carótida foram avaliadas pelo ultrassom de radiofrequência. A pressão central e o índice de incremento foram obtidos usando a tonometria de aplanação.

Resultado

O grupo hipertensão estágio 2 teve maior rigidez arterial e pior desempenho cognitivo, tanto pelo Mini Exame do Estado Mental (26.8±2.1 vs 27.3±2.1 vs 28.0±2.0, P=0.003) quanto pelo Montreal Cognitive Assessment (23.4±3.5 vs 24.9±2.9 vs 25.6±3.0, P

Conclusões

A disfunção cognitiva nos diferentes domínios foi associada com maior rigidez arterial.


Referência Bibliográfica

  1. Muela HCS, Costa-Hong VA, Yassuda MS, Moraes NC, Memória CM, Machado MF et al. Higher arterial stiffness is associated with lower cognitive performance in patients with hypertension. J Clin Hypertens. 2017;00:1-9.

Receba novidades do InCor

Escreva abaixo seu nome e email para lhe enviarmos nossa newsletter semanal com as últimas atualizações do portal Referência InCor.


Publicidade
back-top