Bronquiectasias não-fibrose cística

O tratamento cirúrgico é capaz de melhorar a qualidade de vida dos pacientes no pós-operatório

29/03/2018 | 09:22

Alessandro Wasum Mariani*

Pulmão em 3D
Foto: yodiyim / iStock

A Bronquiectasia é uma doença pulmonar caracterizada pela dilatação anormal e permanente dos brônquios central e médios, em decorrência de um circulo vicioso de depuração deficiente do muco e microorganismos, infecção e inflamação extensivas. Ela tem alto impacto na qualidade de vida do portador, podendo causar desde sintomas leves, tais como, tosse e halitose, até situações graves como infecções pulmonares, sangramento e insuficiência pulmonar.

O tratamento cirúrgico é uma alternativa já bem estabelecida para pacientes que evoluíram com complicações como hemoptise ou infecções de repetição. Até a realização deste trabalho, porém, não existia comprovação sobre a melhora da qualidade de vida no pós-operatório.

Leia mais: Como prevenir as complicações da pressão alta

Para este estudo foram recrutados 53 pacientes candidatos a tratamento cirúrgico (ressecção do tecido pulmonar afetado). Tais pacientes foram seguidos com investigação da qualidade de vida no pré-operatório, assim como no terceiro e nono meses do pós-operatório. Com a realização da pesquisa conseguimos comprovar a melhora da qualidade de vida dos pacientes com bronquiectasias tratados com cirurgia, e não só. Também demonstramos que mesmo com a retirada de parte do pulmão, a cirurgia não ocasiona perda da função pulmonar.

* Professor Colaborador da Disciplina de Cirurgia Torácica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.


Referência Bibliográfica

  1. Vallilo CC, Terra RM, de Albuquerque AL, Suesada MM, Mariani AW, Salge JM, da Costa PB, Pêgo-Fernandes PM.Lung resection improves the quality of life of patients with symptomatic bronchiectasis. Ann Thorac Surg. 2014 Sep;98(3):1034-41.

Receba novidades do InCor

Escreva abaixo seu nome e email para lhe enviarmos nossa newsletter semanal com as últimas atualizações do portal Referência InCor.


Publicidade
back-top