Consulta de enfermagem: atendimento personalizado

O objetivo da equipe é avaliar o paciente e traçar um plano de cuidado para o êxito do tratamento

01/02/2018 | 22:47

Enfermeira
Foto: sasint / pixabay

O método utilizado pela equipe de enfermagem para o atendimento personalizado dos pacientes do InCor é denominado de Sistematização de Assistência de Enfermagem (SAE). Uma das fases da SAE, privativa do Enfermeiro, é a Consulta de Enfermagem, desenvolvida no Ambulatório. O atendimento se baseia, entre outras coisas, na coleta de informações do paciente sobre seus hábitos de vida e de higiene, situação física e de saúde e condições de moradia, explica a gerente Jurema Palomo.

O objetivo da consulta é conhecê-lo e traçar um plano de cuidados que contribua para su recuperação e reabilitação. “Fazemos esse trabalho de consulta de enfermagem desde 1986, quando começamos a atender os pacientes ambulatoriais”, diz Jurema.

Leia mais: Sirtuínas, restrição calórica e sua relação com a DAC

A consulta tem alguns focos prioritários, conforme os protocolos institucionais. Por exemplo, a atenção ao paciente hipertenso, que tem um padrão de pressão arterial elevada e é, muitas vezes, assintomático. O hipertenso precisa de um reforço de orientação porque pode abandonar o tratamento quando melhora, graças ao uso de medicamento. “No começo das atividades do InCor, a preocupação com esse comportamento do hipertenso, muito comum, foi a tônica de nosso trabalho com a consulta de enfermagem“, explica Jurema.

O atendimento personalizado da enfermagem inclui a coleta de informações, por meio de questionário e o exame físico do paciente. Esta avaliação visa verificar os cuidados que ele tem com a higiene pessoal e, eventualmente, a presença de problemas de saúde.

Jurema esclarece que o exame físico observa detalhes que não são o foco da consulta médica, mas nem por isso deixam de ser importantes, como, por exemplo, a integridade da pele do indivíduo. Se ela é saudável ou se apresenta alguma erupção cutânea ou lesão, especialmente, entre os dedos do pé e dobras da pele.

Além da presença de afecção de pele também é avaliado nesse contato algum problema bucal que possa ser motivo para a suspensão de uma intervenção cirúrgica já programada.

Serviço multiprofissional

A Enfermagem está integrada ao serviço multiprofissional de assistência ambulatorial do InCor, acrescenta Jurema, o qual inclui outras áreas, como nutrição, fisioterapia, farmácia, serviço social e psicologia. A orientação em grupo aos pacientes prevê não só o cuidado pessoal, mas a mudança de hábitos, como a cessação do tabagismo, a prática de atividade física no dia-a-dia e a orientação sobre alimentação saudável.

“O ambulatório é um serviço de atendimento multidisciplinar”, enfatiza Jurema. Ele funciona das 7 horas da manhã às 19 horas e recebe cerca de três mil pessoas por dia. Segundo ela, a meta para 2018 é ampliar a participação multidisciplinar e aperfeiçoar as ferramentas de gestão para produzir indicadores sobre a eficácia dos atendimentos. “O paciente precisa sair em condições de, realmente, melhorar sua qualidade de vida”, afirma Jurema.

Receba novidades do InCor

Escreva abaixo seu nome e email para lhe enviarmos nossa newsletter semanal com as últimas atualizações do portal Referência InCor.


Publicidade
back-top