Metanálise antidiabéticos

21/05/2019 | 12:00

Compartilhe:

A epidemia de diabetes ganhou proporções astronômicas nas últimas décadas. Estudos de prevalência estimam cerca de 200 milhões de diabéticos no mundo, com perspectivas de dobrar esse número nos próximos 15 a 20 anos. Com o surgimento das novas classes de medicamentos antidiabetogênicos (inibidores de SGLT2, análogos de GLP-1 e inibidores de DPP4), observa-se novamente a quebra de barreiras no tratamento do diabetes tipo 2. Bate-papo com o InCor recebe o  Dr. Bruno Caramelli, pesquisador e diretor da Unidade Clínica de Medicina Interdisciplinar do Instituto do Coração, para esclarecer aspectos importantes da metanálise publicada no JAMA e da análise do registro CVD-REAL, publicado no JACC.

Publicidade
back-top