O Serviço Social em Hospital de cardiologia

03/09/2018 | 08:11

*Elaine Amaral

Assistência social
Foto: Obencem / iStock

O Serviço Social é uma profissão construída historicamente desde final do século XIX e, no Brasil, há pouco mais de 80 anos. O assistente social, enquanto trabalhador, é inserido na área da saúde, campo que absorve consideravelmente o profissional. É requisitado para trabalhar como agente de interação entre os diversos níveis do SUS e em ações intersetoriais, como articulação de vários setores para o alcance de melhores resultados na saúde. Nessa área, faz-se presente tanto na atenção primaria como na secundaria e terciária. Em hospital escola e terciário em cardiologia, atua na assistência, ou tratamento, ensino e pesquisa.

Na assistência, tem como finalidade identificar os aspectos sociais, econômicos e culturais relacionados ao processo da saúde e da doença. Busca também intervir e/ou mediar situações que comprometam a realização da proposta terapêutica. Faz isso por meio de ações que valorizam o processo de humanização e acolhimento do paciente, para que ele possa ser percebido e respeitado nas suas necessidades e tenha garantido o cuidado no que se refere à prevenção, à promoção e à cura.

Com essa finalidade, o assistente social utiliza métodos e técnicas específicos, objetivando mobilização e desenvolvimento das potencialidades do paciente, por meio de ações sócio educativas. Para tanto, utiliza-se de seu conhecimento sobre a rede de recursos sócio-assistenciais, visando a ampliar a disponibilidade de acesso do paciente aos equipamentos e oferecer suporte assistencial para adesão e efetivação do tratamento médico proposto.

Na equipe de saúde, o assistente social é responsável por identificar as vicissitudes e a realidade social em que o paciente está inserido, de maneira a ressaltar a importância dos determinantes sociais como aspectos integrantes da saúde, com vistas a garantir o atendimento integral de suas necessidades.

Como agente de socialização de conhecimento e de praticas educativas, ele contribui para a formação cientifica, acadêmica e desenvolvimento de novos valores profissionais na saúde. O serviço social investe na formação intelectual e cultural e realiza pesquisas para conhecer os processos sociais. Seu propósito é contribuir para a análise e a transformação da realidade social dos usuários que participam do processo saúde/doença, além de subsidiar ações profissionais e disseminar conhecimento. Como profissional de saúde, o assistente social apresenta como desafio a construção de propostas de trabalho criativas, dinâmicas, propositivas, capazes de preservar e efetivar direitos dos usuários aos serviços de saúde.

*Diretora do Serviço Social Médico

Receba novidades do InCor

Escreva abaixo seu nome e email para lhe enviarmos nossa newsletter semanal com as últimas atualizações do portal Referência InCor.


Publicidade
back-top