Primeiro banco de dados de cardiopatias congênitas do Estado de São Paulo

InCor cria consórcio entre serviços de cirurgia cardíaca pediátrica do Estado de São Paulo, para reunir e disponibilizar informações de pacientes submetidos a tratamento cirúrgico consecutivamente

05/07/2018 | 08:18

Marcelo Jatene *

Bebê, cardiopatias, coração
Foto: SusanMcAnnally / iStock

Malformações cardíacas congênitas representam a 2ª causa de morte no período neonatal. O Estado de São Paulo é reconhecido como um dos principais centros de cirurgia cardíaca pediátrica do país, sendo o InCor-HC-FMUSP o serviço de maior volume cirúrgico do Brasil no tratamento de cardiopatias congênitas. Vem daí a nossa responsabilidade de melhorar os principais desfechos clínicos e cirúrgicos para essa população. No entanto, a falta de uma base de dados consistente e bem estruturada era um obstáculo considerável para avaliar mais detalhadamente a assistência prestada à criança cardiopata.

Diante disso, vimos a oportunidade de criar um banco de dados único, a partir de um consórcio entre os serviços de cirurgia cardíaca pediátrica do Estado de São Paulo, reunindo informações de todos os pacientes submetidos a tratamento cirúrgico consecutivamente. Não apenas com o intuito de nos avaliar mas também para criar uma referência para todos os centros. O projeto foi denominando ASSIST e fez parte do Programa de Pesquisa para o SUS (PPSUS – Editais 2014 e 2016).

A mortalidade é o desfecho mais controlado, em parte devido à fácil obtenção. Porém, outros marcadores como tempo de permanência hospitalar, presença de comorbidades, complicações no período pós-operatório e outros dados também são considerados.

A iniciativa gerou uma publicação científica no “Brazilian J Cardiovasc Surg” 2017;32(4):260-9 “Collaborative Quality Improvement in the Congenital Heart Defects: Development of the ASSIST Consortium and a Preliminary Surgical Outcomes Report”. O artigo descreve o desenvolvimento do projeto incluindo componentes históricos, filosóficos, organizacionais e de infraestrutura. Os dados referenciados nesse trabalho demonstram uma análise preliminar.

Atualmente o consórcio inclui novos centros. Atualmente já aproximadamente 2.500 procedimentos cirúrgicos inseridos na base de dados. O projeto foi um grande avanço nas informações referentes à cirurgia cardíaca pediátrica no Estado de São Paulo, com possibilidades futuras de se estender por todo o território nacional.

* Diretor da Unidade Cirúrgica de Cardiopatias Congênitas

Artigo: Collaborative Quality Improvement in the Congenital Heart Defects: Development of the ASSIST Consortium and a Preliminary Surgical Outcomes Report

Veja também

23/04/2018 | tecnologia virtual

Modelo de coração vivo

Receba novidades do InCor

Escreva abaixo seu nome e email para lhe enviarmos nossa newsletter semanal com as últimas atualizações do portal Referência InCor.


Publicidade
back-top